[baixar versão zipada]

– Movimento hippie –

Este episódio fala sobre o movimento hippie. Em Março de 1965 os estudantes da Universidade de Michigan levaram a cabo a primeira ação com o objetivo de mostrar que a guerra do Vietnã era imoral e que os EUA deveriam abandoná-la.
O movimento estudantil contestava injustiças sociais tais como o racismo, a pobreza, os inferiores direitos das mulheres, a falta de liberdade de expressão. A guerra do Vietnã começa a ser gradualmente contestada. Os protestos e manifestações tornaram-se frequentes, por vezes confrontados pela polícia e com casos de morte.

Surge então o movimento de contracultura que iria contestar todos os valores vigentes da sociedade americana bem como o modo de vida tido como correto na época e os hippies passam a ser os principais representantes deste movimento. Adotam um modo de vida simples onde procuram se manter através da produção de artesanatos para obterem renda e ao mesmo tempo divulgarem a sua cultura. Muitos grupos afastam-se dos centros e passam a viver em comunidades no campo onde mantêm um relacionamento amistoso entre os membros e passam a dividir tudo, desde a produção de alimentos, dinheiro conseguido com o comércio de seus produtos, as drogas até os parceiros sexuais.

Mais detalhes sobre este movimento que mudou o mundo para sempre você poderá conhecer neste episódio do Temacast.


VEJA MAIS

History Channel Special – Hippies 2007

Link do episódio:  Promontório Estéril
 
Está com dificuldade para comentar? APRENDA AQUI

  • Olá Francisco!

    Excelente episódio: um movimento tão influente como este merecia um episódio que fizesse justiça quanto a sua importância. Seu podcast o fez com maestria!
    Fica aqui um destaque especial para a trilha sonora: simplesmente incrível! Bem colocada e primorosamente escolhida, fez com que o episódio ficasse muito mais agradável. Naturalmente, muito da formação do meu gosto musical está embasada em músicas deste período.

    Obrigado pelo excelente trabalho, e sucesso para os próximos episódios!

    Grande abraço!

    • Olá Fabrício! Comentário seu que faz com que eu me sinta “confortável” afinal eu queria mesmo que ficasse esta impressão em quem ouvisse! Obrigado mesmo!

      Quanto ao próximo episódio eu tenha certeza que estará bem melhor… e você sabe disso…

  • Paulo Fernando

    Muito bom o episódio, descobri coisas novas sobre essa parte da história como a expressão “beat”, o LSD era uma droga lícita no inicio dos anos 60, sobre as 2 mortes no woodstock e a ligação de Charles Manson com o fim do movimento. Minha crítica fica para o curto tempo de um podcast Com tanto material bacana.

    • Olá Paulo,
      Muito legal você vir comentar este episódio do início do Temacast.
      Se estivesse fazendo este mesmo episódio hoje, com certeza ele teria no mínimo uma hora de duração pois o assunto é bem extenso, conforme você mesmo citou. Acontece que no início do Temacast ainda estava fazendo testes e produzia o conteúdo sozinho e ainda por cima não tinha todo o traquejo necessário para me aventurar em programas com maior duração.
      De qualquer forma, obrigado pelo comentário e te convido a ouvir outros episódios nossos.
      Grande abraço e feliz 2015!

  • Sensacional, tema muito bem abordado, merecendo uma parte dois. Vi em um documentário que os primeiros lotes de drogas inseridos no movimento foi provido pelo próprio governo americano, como tentativa de desqualificar o grupo e evitar o impacto que sua atuação teria na opinião pública em relação às políticas externas adotadas na época. Trilha sonora perfeita.

  • Pingback: Temacast #21 - Beatles - Lado B - parte 2 - TemaCast()

  • Vitor Urubatan

    Rsss bem cultural este cast.
    Deu para se ter uma noção mais ampla da trajetória desse evento rsss.

    Essa parada me faz lembrar um filme que assisti quando moleque. Na verdade era um musical no qual havia dois grandes amigos. Um era soldado e outro era um Hippie todo “paz e amor”. Ai no meio da trama o personagem principal (soldado) acaba trocando de lugar com seu amigo. Então o Hippie se veste de soldado para que o companheiro fosse ver uma namorada e talz.
    Só que por conta dessa troca ocasionalmente convocam os soldados para irem ao Vietnã. No lugar do soldado (Personagem principal) vai o Hippie, que acaba morrendo em seu lugar.

    Rsss eu nunca fui muito fã de musicais, mas esse filme marcou mesmo minha infância.
    Tem aquele final triste e tals.

    • Não conheço este filme, mas parece ser interessante…

      abraço

      • Vitor Urubatan

        Pior que sou um ignorante e não consigo guardar nomes nem nada.
        Mas sei que era um musical.

      • carlos roberto carvalho

        Sei que já tem tempo essa postagem, mas aí vai o nome do filme Hair, assistia em loop rsrs. Estou fazendo maratona de todos episódios e espero não estar sendo chato por estar comentando tanto tempo depois de terem sido postados. O tempo do cast sim é curto mas nada que um reboot não resolva, e valeu como experiência para sua evolução.

  • tarcisio

    Uma coisa boa desse podcast é poder voltar nas paginas e buscar os podcast mais antigos.
    Gostei do epsódio e tbm gostei da indicação do video no Youtube
    Por favor, continuem fazendo esse bom trabalho

TemaCast © 2014-2017
Scroll Up