[baixar versão zipada]

– Barão de Mauá –

Irineu Evangelista de Souza com seu espírito empreendedor, revolucionário e progressista teve que, durante toda a sua vida como homem de negócios, enfrentar as dificuldades e obstáculos criados por uma sociedade cuja economia era centrada na produção rural e na mão de obra dos escravos. Para as elites da época as ideias e os ideais de Irineu se opunham aos interesses deles.

Por este motivo, nota-se que Irineu foi fortemente combatido por leis feitas para dificultar seus negócios, por sabotagens, trapaças e, portanto, teve vários reveses financeiros na sua vida. Por outro lado, seu talento e perseverança sempre o colocava novamente em novos empreendimentos e o pioneirismo foi sempre a sua marca mais visível!

Apesar disso, em 1865 a fortuna pessoal do Barão de Mauá era de 10.000 contos de réis (ou 10 toneçadas de ouro) corrigida para valores de hoje seria aproximadamente de R$ 1 bilhão e 40 milhões pela conversão do preço da gr de ouro da época para o preço de hoje. Já o capital da sua empresa Mauá & Cia era de 115.000 contos de réis ou R$11 bilhões 960 milhões. O orçamento do império era de 97.000 contos de réis…


PARTICIPANTES

VEJA MAIS
FONTES

  • Cristina Heuser

    Parabéns a todos pelo belo episódio.
    Aprendi muito!

  • Lucas Balaminut

    Vim pela dica do Matheus e curti bastante!

    • Prof. Barbado

      Bem vindo abordo Lucas 😉

    • Olá Lucas!
      Obrigado pela visita e volte sempre.

      Abraco

    • Coitado do Lucas, me ouvia no Mundo Freak e agora me ouve aqui também. rss. Brincadeiras à parte, bem-vindo!

  • Aline Lopes

    Olá! Ando meio sumida dos comentários, mas tenho ouvido todos os programas!

    • Olá Aline! Quanto tempo… sentimos tua falta por aqui!
      Nós é que agradecemos por ouvir e vir comentar. Que bom que o cast tenha levado amis conhecimento para você, pois a nossa intenção é exatamente esta.

      Grande abraço para você e não suma, viu? 🙂

    • Obrigado, Aline! Continue nos ouvindo. Queremos sempre melhorar a qualidade dos episódios.

  • Guest

    Obrigado, Aline! Continue nos ouvindo. 🙂

  • Cesar Alvarenga

    Obrigado por me apresentar esse grande brasileiro.

    • E obrigado a você Cesar por ter vindo aqui participar com sua opinião!

      abraço

  • Eu não tinha ideia da grandeza deste empreendedor brasileiro. Na escola não foi nem citado direito. Talvez por conta de nossos governos não serem muito fãs de empreendedores eles tenham tentado passar uma borracha na biografia deste, mas graças ao Temacast não será mais possível apaga-lo da história brasileira.

    • É Gilberto, parece que é padrão para todos nós que o tal Barão de Mauá seja uma figura sem importância e perdida em algum lugar da nossa história, quase sem mal contada!

      abraço e obrigado pelo comentário

  • Felipe Alves

    Grande Programa!
    Estou fazendo a famosa maratona.

    Gostaria de saber qual foi a trilha sonora do episódio.
    Abraços.

    • Olá Felipe, obrigado pela visita e comentário.
      A trilha sonora deste episódio é toda de temas do ritmo Chorinho, que foi uma música que nasceu no século XIX, época do Barão de Mauá. Você poderá acessar no Youtube, no link abaixo:
      https://www.youtube.com/watch?v=uovyl7a0dkA

  • andrechc

    ótimo cast, fiquei até envergonhado de sabe tão pouco sobre esse grande brasileiro, mas graças a vocês isso mudou, continuem sempre nos trazendo informação e diversão.

  • Cimar Alves

    Ótimo podcast, estou gostando muito do canal.
    Uma uma reportagem com um tetraneto do barão http://colunas.revistaepoca.globo.com/brunoastuto/2011/11/22/descendentes-do-barao-de-maua-denunciam-descaso-com-estatua/

    • Olá Cimar,

      Olha só, conseguiu achar uns descendentes do Barão!!! Valeu pela dica e obrigado pelo elogio e comentário!

      abraço

  • Alexandre Dantas

    Conheci o cast de vocês através do Café Brasil e já virei fã (acabei de agradecer ao Luciano Pires por isso). Comecei a maratona para ouvir todos os episódios e minha primeira escolha foi o do Barão de Mauá, pois assim como vocês afirmaram no final do episódio, acho que ele foi um dos (talvez o) maior brasileiro de todos os tempos e infelizmente a maioria da população sabe muito pouco sobre ele. Só senti falta de vocês indicarem o livro de Jorge Caldeira – Mauá o empresário do império (http://www.saraiva.com.br/maua-empresario-do-imperio-343929.html) que é uma verdadeira aula de história e pode complementar as ótimas informações que vocês passaram no cast.
    Parabéns pelo trabalho, acompanharei sempre.

    OBS: o episódio do Raul Seixas é outra pérola. Parabéns de novo!
    OBS2: Graças ao Tema Cast conheci o Promontório Estéril. Fantástico

    • Olá Alexandre! Obrigado por ter vindo compartilhar conosco o teu parecer.
      Quanto ao livro, agradeço pela dica e a tua msg mostra como é importante o ouvinte participar e assim enriquecer o episódio!
      Obrigado também pelos elogios os quais eu repasso a todos que ajudam a fazer o Temacast e, sim, o Promontório Estéril é fantástico!

      Grande abraço

  • Queridos amigos, muito obrigado, por mais este excelente episódio! Estava tudo muito legal, pauta, música, interação e ritmo de condução do podcast. Muito obrigado mesmo!

    • Olá Rodrigo!
      Obrigado a você por compartilhar a tua opinião e elogios que é muito importante pra nos!

      abraço

  • Wilton Alves

    Simplesmente Fantástico!!!

    A atual conjuntura política nos dá certa noção sobre o motivo pelo qual este que é um verdadeiro herói nacional é tão pouco lembrado….

  • Marcio Aguiar

    Como vocês disseram não ter encontrado nada sobre seus herdeiros, dei uma pesquisada nos filhos do Barão de Mauá e achei esse link aqui http://www.genealogiafreire.com.br/jeo_historia_de_visconde_de_maua.htm. Ele fala alguma coisa do Comendador Henrique, filho dele, que parece querer ter seguido os passos do pai. Valeu, pessoal! Muito bom o podcast.

    • Valeu Márcio pelo comentário e por completar as informações do episódio!

      abraço

  • Luiz Antonio Miazzo

    Tive contato com o Temacast faz apenas uns dias, e fiquei muito satisfeito com os temas debatidos por vocês, o formato é diferente, o debate de forma livre e descontraída é diferente e agradável, adorei todos os episódios até agora e um deles em especial é o episódio sobre o Barão de Mauá. Fiquei muito feliz por vocês terem escolhido este tema, pois como dito por vocês, o Irineu foi certamente um grande homem, muito à frente de sua época e vítima da sociedade escravagista da época que entendia o trabalho como algo desmerecedor. Meu primeiro contato com o tema foi através do livro indicado também por um amigo e de lá para cá não encontrei nenhuma mídia que falasse sobre o tema, assim, deixo aqui meus parabéns a você Francisco, Igor, Larissa e também ao professor Barbado. Desejo a vocês sucesso e vida longa!
    Luiz Antonio Miazzo (Itú-SP)

    • Olá Luiz!
      Muito obrigado pela tua visita, elogios e participação no Temacast!

      grande abraço

  • dionis

    Parabéns pelo Temacast, conheci através do café Brasil, e fica como rotina minha apreciar seus podcasts.
    O primeiro a ouvir, foi justamente sobre o Barão de Mauá e foi justamente logo após o término
    Da leitura de Mauá , Empresário do Império” de Jorge Caldeira, excelente leitura biografica, uma aventura.

  • Fernanda Souza

    Esse foi um dos primeiros episódios que ouvi e nunca vim comentar. No colégio a unica coisa que citam do Barão de Mauá é que ele fez parte da Revolução Industrial Brasileira, na verdade, foi o único nome citado na aula. O professor só escreveu o nome dele no quadro e seguiu com a aula, fiquei indignada na hora, queria que ele tivesse falado da importância do Barão pro Brasil e afins. Talvez seja exagero meu, mas por causa do sistema bitolado da educação brasileira (vestibular, vestibular e vestibular), um homem tão fantástico ficou esquecido na história.

    Fiquei falando sobre a minha indignação e esqueci de comentar que o episodio, como sempre, foi fantástico.

    • Olá, Fernanda.
      Obrigado pelo comentário, elogio e pela visita

      abraço

  • Diego Camilo

    Este foi o primeiro episodio que ouvi no temacast.com (indicação do naporteiracast.com). Fiquei muito impressionado como ninguém dá tanta importância para uma pessoa que foi tão influente e bem sucedida. Um homem muito a frente do seu tempo. Excelente podcast.

    • Olá, Diego!
      Obrigado pelo retorno e fique conosco!!1

      abraço

  • Carlos Henrique Meireles Corbo

    Conheci vocês através do Café Brasil através da pessoa do Luciano Pires. Esse é meu primeiro comentário.

    Eu tinha lido alguma coisa sobre Barão de Mauá na época de escola, mas estou certo que muitas das informações trazidas por vocês nesse episódio eu não tinha lido ou ouvido antes. Através desse episódio, eu me motivei para buscar mais sobre essa figura que fez tanto pelo país com uma visão empreendedora.

    Quero parabenizar o trabalho de vocês e espero que continuem transmitindo um conhecimento tão valioso.

    Vida longa e muito longa a Temacast.

    • Valeu Carlos!
      Seja bem vindo e obrigado por vir comentar…

      abraço

  • Wiley Marques

    Já faz um tempo que escutei esse episódio, mas só resolvi comentar agora.
    Ia comentar depois de terminar a maratona mas acabei não o fazendo.

    Achei super interessante ouvir sobre o Barão de Mauá, pois não sabia nenhuma história relacionada a ele.

    Minha esposa mora em Mauá, no Grande ABC Paulista.
    No centro dessa cidade tem algumas referências ao barão, inclusive uma estátua.
    Lembro que cheguei a perguntar a ela sobre ele, mas ela nem o conhecia.
    Provavelmente poucos moradores da cidade sabem dessa pessoa homenageada na praça.

    Contei um pouco sobre as coisas aprendidas aqui no Temacast e ela ficou ainda mais orgulhosa por ter morado ali.

    Enfim, parabéns pelo incrível episódio, mais um de ótima qualidade e conteúdo.
    Que venham muitos outros!

    Abraços!

  • Thiago Gonçalves

    Boa noite,
    Faz uma semana que encontrei o Tema Cast e vocês estão me surpreendendo!
    E esse episódio foi sensacional e a apresentação do Sr. Seixas é de um profissionalismo incrível.
    Gostaria de ajudar de alguma forma, com o que eu posso dentro das minhas habilidades.
    Sou designer, e trabalho a mais de 8 anos no mercado de brinquedos nacional, mas faço trabalhos de freelance para ilustração e Design Gráfico.
    Me prontifico para fazer artes para vocês de graça e seria um prazer!
    Fica aqui meus contatos e meus portfólio caso interessem.

    Um grande abraço a todos e continuem fazendo esse ótimo trabalho.
    Thiago

    https://www.facebook.com/thiago.goncalves.1010
    http://kawek.net/Thiago_Goncalves
    https://www.behance.net/Design_lines_TDesign
    http://pinsta.me/thi_gon

    Identidades Visuais:
    http://dressmeup.eco.br/

    • Valeu Thiago!
      Obrigado pelos elogios e interesse de ajudar.
      Repasso ao Igor e aos convidados os méritos que foram creditados em meu nome!

      abraço

  • Link enviado pelo ouvinte Silvio Bueno que fala sobre descendentes do Barão

    Globo Reporte de 2012 sobre ferrovia
    https://www.youtube.com/watch?v=n8wWqNT8iXg

  • Vitor Urubatan

    Estou de férias, mas bora ouvir.
    Pois nunca ouvi falar desse cara hahaha!

  • Vitor Urubatan

    Salve, salve como prometido estou eu a ouvir o cast na intenção de manter minha maratona.
    Ansioso para chegar nos casts atuais.

    Referente ao cast, pow parabéns programa excelente!
    O trabalho de vocês tem educado esse humilde ignorante.
    E digo ignorante pois eu nunca soube desse “personagem” histórico.

    Não sou surpreso com o que o cara fez. Como também revoltado com a falta de consideração e união que nosso “governo” lidou com todo o progresso regido por uma só pessoa.
    Chega até não ser novidade que essa falta de visão empresarial e progresso para uma nação não é de agora.

    No mais obrigado por apresentarem uma informação de tamanha relevância.
    E quem sabe um dia “Barões de Mauá” modernos não se apresentem no nosso cotidiano.

    Agora bora ouvir o próximo.

    • É Vitor, infelizmente é assim mesmo… pouca gente conhece o cara…
      Obrigado pela visita e comentário.

      abração

  • DefendaSeuDinheiro

    Show de episódio!

    Em pensar que a mídia comprada ficava comparando o fanfarão Peruka Furken Batista, vulgo Mister X, como o Evangelista de Souza.

    Comparar um empresário de verdade com um aventureiro megalomaníaco que cansou de omitir riscos para enganar grandes, médios e pequenos. Uma das maiores fraudes do nosso tempo.

    Estudo de caso para podcast, Barão de Mauá-X !

    Se precisarem de ajuda para história recente do falso midas, contem comigo!

  • Leonardo Persan

    Mais uma vez parabéns. As aulas de história deveriam ser assim. É uma pena que a profissão de professor seja tão mau remunerada.

    Talvez se houvessem, mais aulas sobre brasileiros para brasileiros e brasileiros que empreenderam a cultura empreendedora fosse mais valorizada e deixaríamos para traz a cultura de esperar que o governo resolva os nossos problemas.

  • Wellington Santos Silva

    Amigos, gostaria de parabenizar o Temacast, como aprendi e me diverti ouvindo essa aula de vocês. Vamos juntos melhorar cada vez mais nosso Brasil 😉

  • Ricardo Tamanini

    Belíssimo Podcast! Um tapa na cara dos Brasileiros que não conhecem a sua história. E podem me incluir nesse grupo porque o que sabia dele era apenas pelo filme “romanceado” como mencionam. Já estou procurando outras fontes para conhecer mais.
    E acho interessante a observação que naquela época ser empresário no Brasil não era tarefa fácil. E pensar que ao longo do tempo evoluímos muito pouco. Sofrível!
    Estou enviando o nome dos filhos de Mauá:
    01 – Lísia, (1842-1855);
    02 – x (gêmeo de 03), 1843, nati-morto;
    03 – Irineu, (1843-1849), (gêmeo de 02);
    04 – Irineu (1851-1915);
    05 – Henrique, (1852-1929);
    06 – Artur, (1853-1874);
    07 – Maria Carolina (1854-1941);
    08 – Ricardo, (1856-1884);
    09 – Lísia, (1860-1890);
    10 – Hermínia, (1862-1868);
    11 – Irene, (1865-1895);
    12 – Alice, (1867-1869).

  • Jorge Virgilio

    Olha aí, canelada da equipe do TC! O Cemitério São Francisco de Paula não fica num lixão. A região do Catumbi, que antes era habitada por milionários, sofreu um processo de esvaziamento econômico e favelização, mas está longe de ser um lixão. O cemitério continua lá e é inclusive uma atração turística, com visita guiada, que pode ser visitado normalmente por todos que vêm a cidade do Rio. A restauração dos túmulos só não foi realizada porque não foi concluído o processo de tombamento pelo IPHAN. Até então eram as famílias quem tinham a obrigação de cuidar dos seus túmulos, e muitas delas abandonaram os jazigos ou não têm dinheiro suficiente para repará-los. Assim as partes mais antigas do cemitério estão danificadas pelo tempo mas existe já o projeto de restaurar os mausoléus (aguardando a burocracia do IPHAN).

    Túmulo do Mauá no Catumbi:
    https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/a6/Mausol%C3%A9u_Visconde_de_Mau%C3%A1_01.jpg

TemaCast © 2014-2017
Scroll Up