[baixar versão zipada]

– Beatles – Lado B – (parte 1/2) –

No Episódio Lado A nós terminamos no momento em que os Beatles trocaram de baterista. Saía Pete Best e entrava Ringo Starr. Eles tinham acabado de assinar contrato com a Parlophone do produtor George Martin. Pois é, isso foi em Agosto de 1962 e já em Setembro daquele mesmo ano eles já voltavam ao lendário estúdio Abbey Road para a gravação de seu primeiro single.
Antes disso, ainda no final de Agosto, Cynthia Powel descobriu que estava grávida. Nós comentamos brevemente sobre ela lá no episódio anterior quando dissemos que John e Cynthia se conheceram no Liverpool College of Art e começaram a namorar. Foi neste mesmo local que ele conheceu o Stu Sutcliffe. Pois bem, às vésperas dos Beatles estourarem, John Lennon se casou com Cynthia e no ano seguinte nasceu seu primeiro filho, Julian Lennon.
Bem, mas voltando à gravação do primeiro single, vamos lembrar que um single é um disquinho com apenas uma música de cada lado. Então, por serem só apenas duas músicas, elas tem que ser muito bem escolhidas. O George Martin queria que fosse uma música própria deles e um cover, pois gravar uma música já consagrada era mais fácil.
Só que depois de John e Paul muito insistirem, ficou acertado que seriam duas músicas de autoria própria. E as músicas eram: Love me Do e PS: I Love You.
Este single foi então lançado em 11 de Setembro de 1962, mas na hora da gravação, o Ringo ficou muito nervoso e não conseguiu tocar direito. Ele ficou então tocando apenas uma percussão de fundo. Por causa disso, George Martin chamou o baterista…

Saiba mais sobre isso ouvindo este episódio…


PARTICIPANTES

VEJA MAIS
  • Vídeo do Youtube onde Igor fala sobre Beatles e Please Please Me: 1 2 3 4 5
Police keeping back a crowd of young fans outside Buckingham Palace, London, as pop group the Beatles receive their MBEs.   (Photo by Central Press/Getty Images)

Police keeping back a crowd of young fans outside Buckingham Palace, London, as pop group the Beatles receive their MBEs. (Photo by Central Press/Getty Images)

FILMES

Dos próprios Beatles:

A Hard Day’s Night (1964)
Help! (1965)
Magical Mystery Tour (1967)
Yellow Submarine (1968)
Let It Be (1970)
Documentários Anthology (1996)

Outros filmes:

I Wanna Hold Your Hand – Febre de Juventude (1978)
Backbeat – Os Cinco Rapazes de Liverpool (1994)
Across the Universe (2007)
Nowhere Boy (2009)


FONTES

MÚSICAS DESTE EPISÓDIO

■ Revolution
■ Love me do
■ P.S. I love you
■ Do you want to know a secret
■ Twist and shout
■ Ask me why
■ Please please me
■ She loves you
■ Sie Liebt Dich
■ From me to you
■ Thank you girl
■ All my loving
■ Don’t bother me
■ I wanna be your man
■ A hard day’s night
■ And I love her
■ If I fell
■ Can’t buy me love
■ Till there was you
■ Eight days a week
■ Every little thing
■ Help!
■ No replay
■ Yesterday
■ I need you
■ It’s only love
■ I’ve just seen a face
■ Drive my car
■ Girl
■ In my life
■ Tomorrow never knows
■ Love you to
■ Here, There and Everywhere
■ I’m only sleeping
■ Norwegian wood (This bird has flown)
■ If I needed someone
■ Taxman
■ Eleanor Rigby
■ Yellow submarine
■ Being for the benefit of Mr. Kite
■ She’s leaving home
■ Penny Lane
■ Lucy in the sky with diamond


NOSSO GRUPO NO FACEBOOK

Se você quer participar do nosso grupo basta ir em https://www.facebook.com/groups/temacast.saibamais/. Participando você poderá sugerir pautas, interagir com outros ouvintes do Temacast e saber com antecedência de várias coisas que ocorrerão num futuro breve.


GANHADOR DO SORTEIO

E o ganhador do livro foi o ouvinte MicoAngelo – RS  que nós avaliou com 5 estrelas na iTunes Store em 18/12/2014.

Deverá entrar em contato com a equipe do Temacast até dia 30 de junho para reclamar o prêmio. Caso isto não ocorra, um novo sorteio será realizado.

Parabéns MicoAngelo!

  • Nerdanderthal

    E eu achando que sabia tudo de Beatles…

    Sensacional o cast, muita informação e curiosidade, principalmente para quem é fã.

    Às vezes eu prestava tanta atenção às músicas de fundo que “viajava” no tempo e tinha que voltar a trilha para ouvi-los melhor. Coisa de beatlemaníaco.

    Fizeram muito bem em lembrar da rivalidade que presenciei naquela época, entre fãs dos Beatles e dos Rolling Stones. Coisa parecida entre Apple x Microsoft e Marvel x DC.

    Eu sempre amei os Beatles mas nunca deixei de gostar também dos Rolling Stones.
    Só não fazia Ra-ta-ta-ta-ta Ra-ta-ta-ta-ta!!!

    Prometo escrever algo maior na última parte.

    Obrigado. Agora, no aguardo do Lado B – Parte 2/2.

    • Que bom que você gostou! Nosso objetivo era trazer o máximo de informações que fosse possível, por isso que ficou tão grande. Semana que vem já sai o B 2/2.

    • Nelson!
      Nós ficamos muito felizes que tenha gostado… Já falei para o Igor que pra mim a parte que mais gostei é a que ainda será publicada… aguarde!

      abraço

  • Wiley Marques

    Caramba! Quanta informação legal!

    Sempre gostei de algumas músicas dos Beatles, mas nunca fui atrás de ver outras. Depois desse cast, me deu vontade de ver uma a uma, principalmente o álbum Revolver.

    Confesso que ri muito imaginando um deles pendurado por uma corda pra simular o eco! Isso certamente deveria ser gravado!

    Parabéns a vocês por esse ótimo episódio!
    Agora fico no aguardo parte 2 (que seria 3 rs).
    Abraços!

    • Obrigado pelo comentário, Wiley! O Revolver é um disco excelente. Conforme disse no episódio, é meu favorito. Escuta lá e depois nos conta o que achou.

  • Cesar Moreira de Sousa

    Minha nossa senhora! Devo admitir que a história da gravação de Twist and Shout e Eleanor Rigby me deixou de olhos marejados – em pleno busão! Sem dúvida os Beatles tem uma história extraordinária, além de um legado musical que considero, sem exageros, como um dos mais importantes do século 20. Imagino que muitos que nem curtem a banda, ao ouvir esse episódio, seja seduzido a ouvir pelo menos um álbum deles depois!

    Parabéns pelo primoroso trabalho de pesquisa, cavalheiros!

    Abraços

    • Muito obrigado, Cesar!

    • Caraca Cesar! Eu tb fiquei muito surpresa com estas partes do episódio!!!
      Obrigado pelo comentário!

      abraço

  • Rubens da Cunha

    Belo podcast, sobretudo, pela capacidade de ir além do óbvio. Isso, claro, vem muito da paixão movedora de vocês. Vocês assistiram o filme espanhol “Viver é fácil com os olhos fechados”? Não é exatamente sobre os Beatles, mas sobre como essa paixão pode modificar a vida de um homem. Recomendo bastante, acredito que vocês vão se identificar com o protagonista. http://www.imdb.com/title/tt2896036/

    • Não vi este filme ainda não, Rubens, mas colocarei em minha lista.

    • Obrigado Rubens!
      Não conheço o filme, mas voua trás pra saber!

      abraço

  • Priscila Guerrero

    O episódio foi muito bacana! Ainda não coloquei para Mamãe Freak ouvir, mas tenho certeza que ela vai gostar das informações! Agora, aquela história do pêndulo… nossa! Que viagem! ahahahaha Mas o pessoal em estúdio quando não tem grana, improvisa até hoje. Sei de casos de colocarem cobertas nos bumbos da bateria para gerar um som mais gordinho. 😀

    • Tenho certeza que a D. Dora vai gostar!

      :-))

      • Priscila Guerrero

        Minha mãe disse: “Nossa! Foi surpreendente!” Ela diz que era muito pequena quando eles estavam em voga. E disse que não deixavam ela ouvir, pq os Beatles eram cabeludos e drogados. (ahahahaha essa me pegou desprevenida) Que era juventude transviada (hahahah outra que fui pega de surpresa). Ela disse que ouviam falar mais com os programas do Roberto Carlos, da Jovem Guarda. Eles ouviam muito rádio e as versões. Do episódio em si, ela gostou bastante de saber das particularidades, de saber quem fazia o quê. E ela ia em bailinhos de garagem para ouvir as músicas, inclusive era organizadora de um desses bailinhos (minha cabeça explodiu agora). Alguém conseguia os LPs, se reuniam e ficavam ouvindo música e dançando.

        • Que legal ler isso Priss!
          obrigado pelo retorno! Como já disse para o Igor, o Lado B parte 2 é a parte que mais gostei!

          Dia 8 estará no ar….

          abraço

      • Priscila Guerrero

        E sempre achei que tinha algo estranho naquela música da Eleanor e e twist and shout. Aquele grito rasgado que ele dá, nunca soou normal para mim. Agora tá explicado! E gostamos de saber mais sobre o Ringo também. Minha mãe diz que as pessoas davam mais ênfase ao John, depois Paul e em seguida o George. E a história da hard day’s night? Que genial!!!! Excelente cast e aguardo o finalzinho!

        • Até agora eu não acredito que Twist and Shout não é dos Beatles!
          Explodiu minha cuca, juro…

    • Legal! Depois nos conte o que sua mãe achou! 🙂

  • Carlos Henrique Meireles Corbo

    Olá pessoal do Temacast,

    Estou aqui mais uma vez para comentar sobre esse episódio que continua falando da banda que influenciou tantos artistas. Como vocês mesmos disseram, e eu endosso, ainda influencia até hoje.

    Eu queria comentar sobre o ponto que Igor falou de quando John Lennon supostamente teria se vangloriado ou se colocado mais popular que Jesus Cristo. Durante um tempo, eu morei em um município da região metropolitana do Rio de Janeiro, eu ouvi diversos ativistas cristãos e alguns líderes religiosos dizerem que Lennon teria morrido da maneira que morreu porque ele teria tentado se colocar acima de Deus. Mesmo não conhecendo a história dessa banda como passei a conhecer depois que eu ouvi este episódio, eu não tomei essa declaração como verdade. Mal sabia eu que estava certo em não acreditar. Depois de ouvir a verdadeira história, eu confirmei a minha intuição, que declaração se tratava de uma inverdade. Por essa razão, mais uma vez, ouvir o temacast foi bem enriquecedor.

    Bem, vocês são ótimos.

    Parabéns pelo trabalho.

    Um abraço.

    • Carlos, obrigado pela visita, comentário e por nos prestigiar.

      grande abraço

  • Pingback: Temacast #21 - Beatles - Lado B - parte 2 - TemaCast()

  • donihq

    La vou eu de novo ouvir a coleção dos Beatles.

  • Pingback: Os 15 episódios de podcast que você deveria ter ouvido em 2015 – Mauro Segura()

TemaCast © 2014-2017
Scroll Up