Grandes Impostores:

Desde sempre, inúmeras pessoas fizeram se passar por outras, assumiram ser o que não eram e obtiveram sucesso quanto aos objetivos que pretendiam. Alguns pelo simples prazer de obter êxito, outros para obter lucro, não mediam esforços para enganar, trapacear e ter acesso ao dinheiro alheio sem trabalhar ou simplesmente para se sentirem mais inteligentes e espertos do que os outros.

Antes de mais nada, vamos diferenciar o mentiroso do impostor. O mentiroso utiliza a inverdade, na maioria das vezes, para encobrir algo, fazer bonito na sociedade, se desfazer de responsabilidades e de culpas. Já o impostor é aquele que diz ser outra pessoa ou que diz ser algo que não é, por exemplo, um médico. O mentiroso pode contar uma mentira onde ele diz ser alguém mais importantes do que realmente é numa determinada e única oportunidade, já o impostor vai vivenciar a experiência até as últimas consequências, até ser pego. Mas, com certeza o impostor é antes de mais nada um mentiroso,

Neste episódio nós iremos falar de alguns dos grandes impostores de que se tem notícias. Iremos contar seus principais golpes, como terminaram suas carreiras e demonstrar que “cara-de-pau” é a maior ferramenta utilizada por eles…

Saiba mais sobre isso ouvindo este episódio…


BAIXAR VERSÃO ZIPADA

download versão zipada


PARTICIPANTES
FONTES 

VEJA MAIS

PERSONAGENS CITADOS NO EPISÓDIO
  • Frank William Abagnale Jr
  • Christopher Rocancourt
  • Ferdinand Demara
  • David Hampton
  • Milli Vanilli
  • Cassie Chadwick
  • Mary Baker
  • Wilhelm Voigt
  • George Psalmanazar
  • Stanley Clifford Weyman
  • George Dupre
  • Christian Karl Gerhartsreiter
  • Alan Conway
  • Anoushirvan D. Fakhran
  • Marcelo Nascimento da Rocha

VITRINE

MÚSICAS DESTE EPISÓDIO
  • Freddie Mercury – The Great Pretender
  • Frank Sinatra – Come Fly With Me
  • John Williams – Learning the Ropes
  • Lasgo – Searching
  • Fugees – Killing Me Softly With His Song
  • Coolio Feat. L.V. – Gangsta’s Paradise
  • Lulu – To Sir With Love
  • Milli Vanilli –  Girl You Know It’s True
  • Akon – Beautiful
  • En Vogue – My Lovin’
  • The Beautiful South – A Little Time
  • Eva Cassidy – Somewhere Over the Rainbow
  • K.D. Lang – Constant Craving
  • Shola Ama – You Might Need Somebody
  • Sixpence None The Richer – Kiss Me
  • Crowded House – Don’t Dream It’s Over
  • Ian Anderson – Fly By Night
  • Joss Stone – Right To Be Wrong
  • Jorge Ben Jor – W-Brasil
  • Tema do filme ‘Em Algum Lugar do Passado’ (Somewhere in Time)
  • Bruno Mars – Locked Out of Heaven
  • Boston – More Than A Feeling
  • BJ Thomas   Oh me, Oh my (I’m a fool for you baby)
  • Grateful Dead   Good Morning Little Schoolgirl
  • Carly Simon  – Nobody Does It Better ( Theme from the Bond movie The Spy Who Loved Me )

NOSSA PLAYLIST NO SPOTIFY:

Link


NOSSO GRUPO NO FACEBOOK

Se você quer participar do nosso grupo basta ir AQUI. Participando você poderá sugerir pautas, interagir com outros ouvintes do Temacast, participar de sorteios e saber com antecedência de várias coisas que ocorrerão num futuro breve.

  • Augusto Ganzert

    Esse episódio promete! 😀

    • Depois diga o que achou…

      • Augusto Ganzert

        Demorei mas consegui arrumar um tempo para curtir esse episódio. Adorei ele, como sempre bastante informativo. Dos vários casos mencionados no programa eu só conhecia mesmo o primeiro, sobre Frank Abagnale Jr e só por causa do filme do Steven Spielberg. Acho que os demais casos também dariam ótimos filmes, se forem bem roteirizados. Agora, eu sabia que o Temacast não iria acabar, primeiro de abril é sempre uma data suspeita para esse tipo de conversa. Mas valeu a tentativa. hahaha

        • Pois é, muitos destes casos viraram filmes, o que reforça o facinho que estas pessoas causam. Seja pela inteligência ou seja pela capacidade em driblar o sistema e usar suas falhas a seu favor.

          • Augusto Ganzert

            As pessoas que conhecem bem o sistema, e sabem muito bem onde estão as brechas e as suas falhas, tem o poder de dar um “jeitinho” nas coisas para melhorar de vida. O problema é que esse “jeitinho” anda sempre fora da lei e do que é ético dentro da sociedade.

  • Henrique Tavares

    Fim do programa anunciado num episódio sobre mentirosos no 1º de abril, nem eu trouxilson que sou caí nessa hahaha

    • Ahahaha! a gente sabia que não ia convencer, mas fizemos a brincadeira da mesma forma!

  • Jorge Virgilio

    Engraçado, quando ouvi o episódio sobre o Oswaldo Cruz e comentou-se que a decisão do governo federal de pagar por rato capturado motivou o surgimento de “criadouros de ratos” – o que levou o Francisco a ter um momento de indignação com o “jeitinho brasileiro” – pensei em escrever um post contando algumas anedotas desse tipo em outros países para defender – mais uma vez – a minha posição de que não existe “jeitinho brasileiro” mas “jeitinho humano”, que funciona pior ou melhor dependendo da solidez (ou da falta dela) das instituições as quais os indivíduos estão submetidos. Entretanto, esse episódio já funciona como argumento.

    • Você não desiste, né Jorge?
      ahahahahah!

      • Jorge Virgilio

        Sou Brasileiro. Não desisto nunca. 😛

    • Acho que chegamos a falar no episódio que isso não é exclusividade do brasileiro, mas posso estar enganado.

      • Jorge Virgilio

        Sim, foi dito, por isso que comentei que esse episódio servia como resposta.

  • Vitor Souza

    Sensacional, ótimo trabalho, parabéns!

  • José Augusto Coelho Filho

    Francisco Seixas e Igor Alcantara,meus cumprimentos! Realmente eu acreditei que vocês iam encerrar o TEMACAST. Não tanto porque sou tão crédulo, mas porque a postura de vocês sempre foi crível nos 39 episódios. Nós notamos que vocês estudam e preparam com carinho os programas. Lamentei com minha mulher, enquanto estávamos ouvindo, e comentei nós não contribuímos, pouca gente deve contribuir e o resultado é este mesmo, eles tem pagar as contas e o TEMACAST deve gastar muito tempo para ser preparado. No final do episódio descobrimos que foi uma brincadeira. Ainda bem! A brincadeira serviu para conscientizar o quanto o trabalho de vocês é importante e faria falta se vocês realmente encerrassem este PODCAST. Sou professor aposentado e instrutor náutico (na ativa) aqui em Bertioga/SP, principalmente na arte de Velejar. Convido-os para uma vivência de VELA, pode ser real (aqui) ou virtual (posso lhes enviar uma apostila por e-mail). Finalizo desejando-lhes sucesso! Prof. Augusto, de Bertioga.

    • Bacana. É bom saber da relevância do nosso trabalho e receber o carinho dos ouvintes.

      Um grande abraço pra você e sua esposa.

    • Grande José!
      Obrigado pelo comentário e pelo reconhecimento do nosso trabalho.
      Infelizmente o teu convite só podemos aceitar pelo virtual, já que estamos fisicamente tão distantes, mas por favor, nos envie a apostila!
      Abração para vocês dois!

  • Senti falta do Fernando Pessoa 😛
    E ai, ele e seus heterônimos contam como “bons” impostores?

    • Sei lá João, mas no caso do FP ele não usou identidade de ninguém e publicou obras suas, portanto segundo MINHA ótica ele não era impostor que normalmente assume identidade de outra pessoa (que existe de fato) para obter vantagens pessoais!

  • Juan Rodrigues

    Conheci o podcast de vocês através do Episodio #32 sobre depressão onde vocês explicavam os vários tipos e como cada uma delas funciona, os sintomas e tudo mais. Admito ter procurado por estar em um momento complicado em minha vida e queria ouvir sobre o assunto, já me disseram para procurar ajuda mas como sou teimoso ainda não fui atrás disso.
    Desde então eu estou ouvindo cada episódio aos poucos e quanto mais ouço mais eu gosto de vocês e de seu trabalho. Estou ansioso para ouvir o próximo TemaCast e sei que não decepcionarão a ninguém pois vocês sempre procuram chamar pessoas interessantes e que estudam o assunto antes de falar qualquer coisa.
    Enfim, gostaria de deixar aqui meu agradecimento pelo programa de vocês que é muito instrutivo. Um grande abraço de um recém e jovem admirador de seu trabalho.

  • Belo susto 😀

  • Ricardo Tamanini

    O maior impostor foi um amigo meu. Sabe aquela pessoa que mente descaradamente, mas você até gosta de ouvir para saber o nível de criatividade do sujeito? Ele me contou que passou por uma peneira na equipe do Coritiba-PR. Jogou como lateral direito toda a partida e ainda fez 2 gols. Um espetáculo, não? E ainda assim, nunca foi chamado. Voltando a realidade, ele mal corria quando jogava bola na rua, imagine jogando de lateral que tem que proteger a equipe e também avançar para dar apoio no ataque? Meus amigos e eu dizemos que ele fez 2 gols, e a equipe dele perdeu por 3 x 0. Hahaha… como dizemos no Paraná: “Piá bom de bola!”

TemaCast © 2014-2017
Scroll Up