Psicopatia:

Os termos “psicopata ou psicopatia” caíram na boca do povo, embora na maioria das vezes sejam usados de forma equivocada. Na verdade, poucos transtornos são tão incompreendidos quanto a personalidade psicopática. Descrita pela primeira vez em 1941 pelo psiquiatra americano Hervey M. Cleckley, do Medical College da Geórgia, a psicopatia consiste num conjunto de comportamentos e traços de personalidade específicos.

Quando o assunto é “psicopatia”, logo imaginamos uma lista de exemplos psicopatas vindos diretos de Hollywood. Personagens como o Coringa, Hannibal, Norman Bates e tantos outros criaram um estereotipo que nem sempre é preciso para classificar pessoas ditas psicopatas. Mas, pelo menos em uma característica os filmes costumam acertar em cheio: elas são pessoas assustadoras.

De acordo com o Dr. Kent Kiehl, neurocientista da Universidade do Novo México (EUA) e pioneiro em estudos que buscam um entendimento melhor sobre a mente dos que sofrem com a psicopatia, podemos classificar como “psicopata” alguém com altos índices de falta de empatia, culpa e remorso. São pessoas extremamente impulsivas e que tendem a não fazer planos ou pensar antes de agir. E, apesar de geralmente não serem tão inteligentes quanto Hannibal Lecter, costumam ser astutos, manipuladores e, acredite, encantadores. Falaremos sobre este transtorno e suas implicações, como a doença é diagnosticada, seu tratamento e os prejuízos causados aos que convivem com os portadores desta doença. Tudo isso e muito mais neste episódio.

Saiba mais sobre isso ouvindo este episódio…


BAIXAR VERSÃO ZIPADA

download versão zipada


PARTICIPANTES
FONTES 

VEJA MAIS

VITRINE

MÚSICAS DESTE EPISÓDIO
  • Talking Heads – Psycho Killer
  • David Bowie – Something In The Air
  • Huey Lewis and The News – Hip To Be Square
  • Book Of Love – I Touch Roses
  • Karliene – Become the Beast
  • Lana Del Rey – Sweet Serial Killer
  • Lana Del Rey – Born To Die
  • Genesis – In Too Deep
  • Lana Del Rey – Dark Paradise
  • Lana Del Rey – Gods and Monsters
  • M A R R S – Pump Up The Volume
  • New Order – True Faith
  • Lana Del Rey – Summertime Sadness
  • Phil Collins – Sussudio
  • The Neighbourhood – Sweater Weather
  • Red lights – Curiosity killed the cat
  • Lana Del Rey – High By The Beach
  • SoapSkin – Me and the Devil
  • The Waves – Walking On Sunshine
  • The Rolling Stones – Sympathy For The Devil
  • Lana Del Rey – Shades Of Cool
  • Daryl Hall & John Oates – Kiss On My List
  • Eurythmics – I Saved The World Again
  • Crowded House – Don’t Dream It’s Over

NOSSA PLAYLIST NO SPOTIFY:

Link


NOSSO GRUPO NO FACEBOOK

Se você quer participar do nosso grupo basta ir AQUI. Participando você poderá sugerir pautas, interagir com outros ouvintes do Temacast, participar de sorteios e saber com antecedência de várias coisas que ocorrerão num futuro breve.

  • AzBats

    Ao saber do tema, de imediato associe ao filme “Psicopata Americano” protagonizado por Christian Bale (que para muitos serviu de “cartão de visita” para interpretar o Batman na “trilogia Nolan, além do personagem Patrick Bateman ser apontado como a melhor interpretação do ator galês). Reparei que várias das músicas da trilha sonora do cast compõem a trilha sonora do filme, bacana. E bom gosto por adicionarem músicas interpretadas por Lana Del Rey. Boa noite.

    • Olá AzBats!
      Excelente filme sobre o tema. Obrigado por vir comentar.
      abração

  • Vou ter que ouvir de novo. Esse episódio ficou muito bom e repleto de informações. Gostei bastante dos convidados. Já acompanho o Simão lá no Grande Coisa e é muito bom vê-lo atuando aqui, falando da área profissional dele. Sobre a parte de diagnósticos precipitados, é a nossa realidade mesmo. Infelizmente. Abraços a todos! Ah! Minha mãe mandou abraços para todos vcs tbm! Ouvimos juntas esse episódio.

  • Nunca dei um feedback antes no Temacast – acho eu – porque sempre direciono minhas impressões diretamente ao Sr. Francisco (Dr. Jonas/Capitão Falcão) Seixas. Então acho que é hora de dar o merecido reconhecimento ao projeto Temacast, de maneira bem abrangente, e não pontual (mas o episódio estava ótimo, tá?).

    Gosto da responsabilidade que vocês inferem ao projeto. Não é leviano, vocês sabem da importância da informação e não fazem chacota com suas pautas. Falta isso em muita gente que produz pra esta mídia. E eu não me sinto inferiorizado em nenhum momento pelo approach de vocês. Parece, inclusive, que vocês aprendem junto com a gente no processo.

    Saiba que se tiver gente que reclame do ritmo do projeto de vocês, não são vocês que devem se adequar a estas pessoas. Elas que devem se adequar à maturidade do projeto ou ir embora. Não se importe com “fodebacks”, pois eles não agregam valor. São como pessoas que querem esfregar as merdas delas em você pra que você tenha o mesmo fedor delas. Meu projeto, por exemplo: o fato de eu ter um acesso reduzido e fidelidade baixa não quer dizer que o programa é ruim. Ele só tem uma personalidade marcante que não é pra todos. E graças a Deus não faço a Agência TransMídia para público geral, pra angariar público de podcast. Eu não quero essa galera. Eu quero formador de conteúdo, gente que tenha algo a ganhar em termos de velocidade de raciocínio, resolução de problemas e criatividade de referências. E os poucos ouvintes fiéis que temos – por mais que NINGUÉM comente uma postagem sequer – são uma dádiva, agradeço bastante.

    ¨Torço para que vocês continuem prestando este belíssimo serviço social que é o TemaCast. Vocês têm a maturidade de conteúdo que todos os podcasts deveriam expressar nas mais diferentes áreas da comunicação.

    Sem maiores rasgações de seda, saiba que têm aqui um grande apoiador de seu trabalho.

    Atenciosamente
    Vitor Hugo Mota
    Departamento de Criação
    Agência TransMídia

  • Presidente Exumador

    Ótimo podcast. O TemaCast sempre me agrada, vocês conseguem explanar sobre o assunto em um nível que não é superficial e não tão profundo, oq é ótimo pq instiga o ouvinte a buscar mais sobre o tema abordado.

    Gostaria de contribuir ao tema com o seguinte:

    Um canal interessante para expandir um pouco mais o assunto: https://www.youtube.com/user/MsRicardoju/videos

    E livros os da Ilana Casoy “Crime Scene” da editora Darkside.

    • Valeu amigo, pela visita, pelo comentário e pelas sugestões.
      abração

  • Henrique Tavares

    Pela descrição de psicopata dada no programa, achei que os vilões a serem comparados com eles seriam os elegantes antagonistas do James Bond.

    • Obrigado pela visita Henrique, mas se você achou e SEU, sem querer ser antipático!
      abração

      • Henrique Tavares

        Desculpa, não entendi.

        • Desculpe eu!
          Fiz uma brincadeira com um trocadilho e acabei escrevendo errado. Na verdade faltou um acento. Era pra ser assim: “… mas, se você achou é seu”
          abraço

  • Olá, senhores.. Faz tempo que não apareço, mas me vi motivado por um comentário em específico: sobre o Tinder.

    Não vejo o Tinder apenas como um açougue humano. O Tinder possibilita que pessoas com interesses em comum e que jamais se conheceriam pela vida possam se encontrar facilmente. Ele não passa de uma ferramenta. E como qualquer ferramenta, o desempenho e resultado dela vai depender de quem a manipula.

    Digo isso porque encontrei pessoas com quem desenvolvi uma amizade saudável e atualmente até namoro alguém que encontrei lá. Novamente, alguém que eu jamais encontraria se dependesse do acaso. O Tinder é legal gente, só é diferente da forma de paquera usada antigamente, é uma mão na roda para os tímidos. =P

    E cara, o episódio mais uma vez incrível. I love vocês <3

    • Concordo plenamente com você Thiago. Não é a ferramenta que define e sim o usuário. Não dei opinião sobre o Tinder no cast porque não conheço o app e até achei que era algo específico para procura de parceiro(a) sexual.
      Tem gente que conhece gente no metrô, no cinema, no supermercado e pq não pode ser pela internet ou através de um app?
      Grande abraço Thiago e a gente também te “love you”

  • Malandragem

    Muito bom, temacast se tornou rapidamente um dos meus podcast preferidos!! muito conteúdo show de bola… abração de Massachusetts

TemaCast © 2014-2017
Scroll Up