Lei de Murphy:

Existe uma lei mais implacável que a gravidade, mais absoluta que a física, mais inevitável que o destino. É um fator que desafia a ciência e talvez a única certeza que possamos vislumbrar nessa vastidão de dúvidas que é a vida: A Lei de Murphy que diz: Se alguma coisa pode dar errado, dará.

Esse Murphy era o engenheiro aeroespacial Edward Aloysius Murphy e formulou sua lei em 1949 depois de descobrir que estavam mal conectados todos os eletrodos de um equipamento para medir os efeitos da aceleração e desaceleração em pilotos. No começo o que ele disse foi específico para o técnico que cometeu o erro. “Se houver uma única maneira de fazer algo errado, ele o fará”. O gerente de projetos que trabalhava com a equipe anotou aquela frase num caderninho onde ele mantinha frases que achava engraçadas e deu o nome de Lei de Murphy. Com base naquela lei, que o gerente reescreveu na forma com que conhecemos hoje, várias precauções foram tomadas para que erros assim não acontecessem de novo e com isso o projeto acabou sendo concluído com sucesso.

Mas, afinal, a Lei de Murphy existe? Muitos acreditam que sim, principalmente quando estão completamente tomados pela raiva de certos acontecimentos.

Saiba mais sobre isso ouvindo este episódio…


BAIXAR VERSÃO ZIPADA

download versão zipada


PARTICIPANTES
FONTES 

VEJA MAIS


Lei de Murphy e as filas

A lei de Murphy e as filas


VITRINE

MÚSICAS DESTE EPISÓDIO
  • John Lee Hooker – No Shoes
  • Bonny Tyler – I put a spell on you
  • Buddy Guy Cover by Scott Holt – One Room Country Shack
  • Fausto Papetti – Samba Pati
  • Magic Slim – How unlucky can one man be
  • Alvin Lee – Bluest Blues
  • Stevie Ray Vaughan – Tin Pan Alley
  • Neal Schon – Caruso
  • Junior Wells – Why are people like that
  • Blues Company – Silent Night
  • Van Morrison and Tom Jones  – Sometimes we cry
  • Mckinley Mitchell – Trouble Blues
  • Joe Bonamassa – Stop
  • Blind Boy Fuller- Walking my Troubles away
  • Beth Hart and Joe Bonamassa – I’ll Take Care Of You
  • John Lee Hooker- Night time is the right time
  • Popa Chubby Black Coffee Blues Band –  Messin’ With The Kid
  • Dire Straits – Sultans Of Swing

NOSSA PLAYLIST NO SPOTIFY:

Link


NOSSO GRUPO NO FACEBOOK

Se você quer participar do nosso grupo basta ir AQUI. Participando você poderá sugerir pautas, interagir com outros ouvintes do Temacast, participar de sorteios e saber com antecedência de várias coisas que ocorrerão num futuro breve.

  • Eu tento me prevenir ao máximo contra essa lei com relação a horários, sempre que posso saio mais cedo pra se algum imprevisto ocorrer no caminho, ainda assim eu não chegar atrasada em compromissos. hahaha

    • Olá Ellen!
      Esse é o macete para nos prevenir contra a tal lei!
      abraço

  • Andre Mazzucco

    Arquitetura e engenharia é um eletroímã de Murphy, começando pelo projeto, que eu salvo sempre em três lugares, pois já perdi dias de trabalho. Ainda bem que hoje tem o autosave, mas não confio muito. Como é aquele ditado, pato escaldado tem medo de água quente! Foi um episódio inesperado, ótimas participações e juro que pensei no começo que o lance de terem regravado era só uma piadinha por causa do tema hehe. Abraços

    • Foi piadinha nada, Andre!
      Foi um parto difícil e tudo deu errado sistematicamente. Achei até que não fosse dar tempo de publicar na data habitual.
      Valeu pelo comentário.
      abração

  • Thais Fernanda

    Na minha opinião a lei de murphy pode ser considerada algo extremamente negativo, quando as probabilidades simplismente se juntam para estragar o dia, como exemplo contarei uma situação que aconteceu comigo: Estava eu e minha família no litoral durante as férias e em um dia cinzento decidimos ir para o centrinho da cidade, quando chegamos lá começou a chover, assim simplismente pegamos o guarda-sol que estava no porta malas para nos protegermos, até então estava tudo bem, quando parou de chover descobrimos que o quarda-sol havia quebrado e não conseguimos fecha-lo, depois quando fomos para o carro para irmos embora vimos que o pneu estava furado.

    • Putz! a lei de Murphy é antes de mais nada uma ironia imensa!
      obrigado pelo comentário

  • Chasqueiro

    Nem terminei de ouvir o episódio, mas não pude deixar de observar que ter problema justamente com a gravação desse é uma fina ironia …

  • Leonardo Neves

    Viés de Probabilidade

    Em um cast sobre a lei de Murphy, é falado sobre Viés de confirmação e de probabilidade. Na leitura de e-mails, leem o meu comentário, onde eu falo que quase não ouvia o cast por não me interessar pelo assunto. O Igor fala (no meu comentário), “Se um dia gravarmos sobre o Wesley Safadão os ouvintes ouvirão (redundância) porquê gostam do nosso trabalho”.

    O Wesley Safadão morava perto da minha casa, Igor! No bairro serrinha, em Fortaleza. Ele jogava bola com meu primo e tals.

    Eis o viés de probabilidade, nu e cru. Haha

  • Esse é um tema polêmico… Não sei dizer se é uma força sobrenatural, mas estou cada vez mais convencido de que é obra do homem: em todos os aparelhos eletrônicos, como computadores, smartphones, impressoras (nestas isso é de lei, com certeza) ou mesmo o sinal de internet em si, são instalados, secretamente, DETECTORES DE PRESSA: é infalível: se você deixar algo que dependa de algum desses aparelhos para última hora, eles detectarão sua pressa e simplesmente NÃO FUNCIONARÃO. Esqueceu de imprimir um documento e só lembrou na hora de sair? Sinto muito, mas sua impressora dará algum piripaque. Precisa enviar um e-mail nessa hora? A internet ficará lenta ou cairá. Precisa salvar o arquivo no pendrive? o computador travará ou não reconhecerá o pendrive. Precisa pegar um contato na sua agenda do smartphone urgentemente? Parabéns! Você acionou o mecanismo de travamento do sistema. Tudo isso não é lei de Murphy, e sim o simples ativamento do maldito detector de pressa que todo aparelho eletrônico possui. Objetivo: você jogá-lo no chão ou acertá-lo com uma marreta e comprar um novo no dia seguinte. kkkkkkk

    Abração, pessoal.

    • Ah, sim… Esse problema na gravação do post deu até um charme especial ao episódio… É uma forma positiva de enxergar, kkkkk

    • Uma leitura interessante e demoníaca, hahahahah

  • Inoue

    Saudações.
    Essa tal de Lady Murphy deve ser uma senhora bem chata,só atrapalha as pessoas.hehehe
    Brincadeira a parte a Lei de Murphy mais conhecia é a citada no cast,mas eu conhecia ela de forma diferente.
    “Tudo que puder dar errado,dará,na pior hora e de forma que cause o maior dano possível.”
    Um detalhe interessante,o J.S.Neto não fez nenhuma referencia a Dr. Who nesse episódio.
    Vida longa e próspera.

    • O Simão que na primeira gravação estava todo cético na segunda ficou meio ressabiado!

  • Nerdanderthal

    Essa maldita Lei de Murphy tem sido infalível para mim em dois caso:
    1- Se chego em casa super apertado para ir ao banheiro, já com os pelos arrepiados, SEMPRE o elevador está subindo ou no último pavimento e tenho que esperá=lo agoniado;
    2- No meu armário do quarto, tem uma portinha no meio onde costumo guardar minha ferramentas. A maldita chave dessa portinha, toda vez que cai no chão, infalivelmente corre para baixo do armário. Ela NUNCA teve a gentileza de correr para o lado de fora me obrigando a ter que deitar no chão para pegá-la.
    Esse tem foi muito divertido de ouvir. Parabéns mais uma vez.
    Abraço a todos!

    • Pois é Nelson… essa maldita senhora, a tal Lady Murphy é cruel mesmo!

      abração

  • Renato

    Quer dizer que a Lei de Murphy não é prima da Lady Gaga???

  • Muito legal este tema pessoal, ainda mais a forma que vocês abordaram a questão! Acho interessante pensar como neste mundo positivista e racional, que não temos deuses, mitos e narrativas, criamos leis genéricas para definir fenômenos que não entendemos ou não aceitamos que possam ocorrer.

TemaCast © 2014-2017
Scroll Up