Tenentismo :

Quando a gente fala em Movimento Tenentista ou simplesmente Tenentismo, estamos falando sobre uma série de revoltas que foram organizadas e iniciadas por oficiais de baixa e média patente do Exército Brasileiro que queriam mudar algumas questões centrais da política brasileira. Vale lembrar aqui que tudo isso começou pouco mais de 30 anos depois do golpe da Proclamação da República, então o país ainda estava, e talvez ainda esteja até hoje, engatinhando na democracia. Desde a Proclamação da República em 1889 até a Revolução de 1930 nós vivemos no Brasil o período conhecido como Primeira República ou República Velha. Claro que esse é o nome que a gente dá hoje, mas na época eles chamavam apenas de República.

Mas, antes da revolução de 1930 o que nós temos é uma república das oligarquias. Era do interesse dos grandes latifundiários que a política nacional se mantivesse de certa forma estável, mas em um país do tamanho do nosso era muito difícil manter a população dos diferentes cantos sob controle. Por causa disso havia o que ficou conhecido como Política dos Governadores. Explicando em poucas palavras, o que acontecia aqui era que o presidente da república apoiava os governadores dos estados, dando a eles muita autonomia e os governadores apoiavam o governo presidencial garantindo, inclusive, a eleição para o congresso de candidatos já predeterminados.

Saiba mais sobre isso ouvindo este episódio sobre o Tenentismo.


BAIXAR VERSÃO ZIPADA

download versão zipada


AJUDE O TEMACAST A CRESCER

Patreon

Apoia.se


PARTICIPANTES

FONTES

TRANSCRIÇÃO DO ÁUDIO

Equipe de Transcrição:
Carlos Barbosa – Linkedin
Fernanda Marini – Twitter: @femarini
Gláucia França
Karla Michelle Braga –  Facebook
Rafael Rezende – Twitter: @KoreiaPS

Link: Transcrição

 


VITRINE

MÚSICAS DESTE EPISÓDIO
  • Corcovado
  • Falsa Bahiana
  • Garota de Ipanema
  • Insensatez
  • Wave
  • Barquinho
  • Samba de Uma Nota So
  • Turbilhao
  • O Pato
  • Eu Sei Que Vou Te Amar
  • Desafinado
  • Mais Que Nada
  • Tarde Em Itapuan
  • Hino São Paulo  (São Paulo de pau e pedra)

NOSSA PLAYLIST NO SPOTIFY:

Link


NOSSO GRUPO NO FACEBOOK

Se você quer participar do nosso grupo basta ir AQUI. Participando você poderá sugerir pautas, interagir com outros ouvintes do Temacast, participar de sorteios e saber com antecedência de várias coisas que ocorrerão num futuro breve.


ASSINAR

Feed | iTunes | Android | Email

 


  • Wesley Fuzinatto

    Reagindo a queixa sobre falta de feedback gostaria apenas de dizer que o temacast é o meu top 1 em termos de indicação. Nao é meu podcast favorito, mas certamente é um deles. Toda vez que alguem me da o celular na mão e permite apresentar o mundo dos podcasts baixo um pacote de programas adequado ao perfil da pessoa e o temacast é o único que invariávelmente está no pacote.

    • Jorge Virgilio

      Olá, Wesley. Obrigado pelas mensagem e pelos elogios. Ficamos lisonjeados com a confiança no nosso trabalho. Abraços!

  • Darley Santos

    É, Tenentismo não é só nome não, como no caso do Coronelismo, aqui é de fato um levante militar, real e tenso! De fato, a imagem que temos de nosso próprio país é a de uma nação pacífica, cheia de baianos venerando a paz… Mas a verdade é que tem muito sangue derramado na nossa história, que em sua grande parte não é conhecida integralmente por grande das pessoas. Bombardeio em São Paulo??? Sério?! Tá vendo…

    • Jorge Virgilio

      Pois, é, Darley. Muitos movimentos que para gente era só um nome que ouvimos na escola foram verdadeiras guerras civis. Muita história brasileira para ser desvendada ainda! Abraços.

  • Eduardo Nicolas

    otimo podcast , a unica coisa de ruim no seu podcast em geral é sabe que o Brasil não evolui muito ,mas esse problema do nosso país

    • Pois é Eduardo, mas conhecendo nossa história podemos entender o presente e definir nosso futuro, não é?
      abraço

  • Flavio Cunha

    Fora do tema, gostaria de comentar sobre a reclamação de falta de feedback. Não falo por todos, pois certamente essa é uma limitação minha, mas particularmente não me interesso pelo formato “hangout”. Também não participo de comunidades ou grupos de discussão, especialmente pela falta de tempo e pela enorme intolerância das pessoas com opiniões diferentes, que usam como escudo o distanciamento pessoal que a internet proporciona para poderem destratar com rispidez seus interlocutores que não compartilham do seu ponto de vista. Já perdi muito tempo com isso, mas não mais.

    Sinceramente, preferia o formato antigo de leitura de e-mails e comentários, nem que fossem como drops ou programas menores e mesmo que não fosse possível ler todos. Fiquei feliz de ouvir meu e-mail no último programa antes da mudança e pretendia manter esse feedback através de e-mails/comentários (o Temacast é o único podcast para o qual escrevo), mas não gostei muito da alteração. Enfim, ótimo programa, abraço a todos.

    • Jorge Virgilio

      Olá, Flavio. Nós estamos estudando um retorno ao formato antigo a partir da recepção dos ouvintes ao novo formato. Obrigado por manifestar a sua opinião. Abraços.

  • Bruno Weiss

    Um dos melhores podcasts de história do Brasil. Certo dia, ao procurar sobre a revolução de 32 (como um bom Paulista orgulhoso, mas não prenconceituoso que sou) me deparei com o Temacast. A abordagem feita por vocês é excelente, detalhada e de fácil compreensão. Muito bom adquirir mais conhecimentos sobre os temas históricos nacionais, que só vemos por cima na escola. Os podcasts sobre os fatos que ocorreram durante a República Velha são, na minha opinião, os melhores (junto com o Serviço de Inteligência Brasileiro). Continuem assim!

    • Jorge Virgilio

      Olá, Bruno. Obrigado pela mensagem e pelos elogios. Também curto bastante esse período que vai da República Velha até o fim do governo militar. Depois confesso que acho meio chato, embora necessário (não sei se por se tratar de fatos contemporâneos). Em todo caso, temos que tentar atender o gosto da média dos ouvintes, então vamos variando os temas. Abraços!

  • Fábio Peres

    Bom Demais!!
    Mais um daqueles episódios tão bem feitos e tão bem estudados que dão nó na nossa mente com tantos fatos, nomes e datas!!!
    Partindo pra terceira audição em breve… 😉

    Parabéns por mais este grande trabalho!
    Grande abraço a todos!

    • Jorge Virgilio

      Obrigado, Fábio, pela mensagem e pelos elogios. 🙂 Boa terceira audição!

  • Wellington Samuel

    Bom, depois de muito tempo ouvindo o Podcast este vai ser meu primeiro comentário.
    Sobre o episódio sensacional, pelo que sei de história do Brasil foi como ver uma pecinha se encaixar e começar a formar uma imagem que ainda não mostra muito, mas esclarece bastante o final do episódio em uma hora que eu não esperava simplismente queria que continuasse !

    Sobre o marketing do movimento Coluna Prestes ter recebio esse nome, penso com certa reserva que o marqueteiro veio justamente da oposição ao movimento posteriormente, visto que Carlos Prestes se aliou as ideias comunistas (se não me engano), para já acabar com a idéia de discussões de temas relacionados, enfim excelente episódio !

    • Olá Wellington,
      Obrigado pela visita, comentário e elogio!
      grande abraço

  • Rodrigo Ribeiro

    Olá! Lembram que algum tempo atrás eu comentei sobre a cidade de Quatiguá, no norte do Paraná, onde tenho familiares e que a cidade foi palco de batalhas na revolução de 1932? Outras curiosidades de nomes de locais a história do Brasil no começo do século XX: Ao sul de Quatiguá, temos outra cidade onde também possuo familiares, inclusive nos fundadores da cidade, que inicialmente por ser um assentamento de colonos mineiros, chamava-se Colônia Mineira, mas para homenagear estes personagens do Tenentismo, passou a chamar-se Siqueira Campos. Já ao norte de Quatiguá, temos a cidade de Joaquim Távora. E ainda sobre Quatiguá: sua avenida principal chama-se Dr João Pessoa. Excelente episódio!

TemaCast © 2014-2017
Scroll Up